Transportadores
Industriais

Para atender aos mais variados segmentos e processos industriais, a Erzinger dispõe de ótimas opções de equipamentos para movimentação e logística.

Desde simples transportadores aéreos manuais à sofisticados sistemas de transporte com carros de transferência totalmente automatizados. Desenvolvidos com os mais altos padrões de confiabilidade e tecnologia, permitem flexibilidade e alta produtividade.

Baixo custo de manutenção e grande robustez trazem segurança ao processo de pintura, característica fundamental para linhas de elevado regime de trabalho.

Transportadores
Contínuos Aéreos
e de Piso

O Transportador Aéreo CT180/CT300 é formado por perfis retos, curvas, subidas e descidas, levando peças ao longo do processo da linha de pintura. São fornecidos de acordo com a necessidade do cliente, atendendo a velocidade de trabalho adequada para produção x processo e capacidade de carga conforme pacote de peças do cliente.

Os Transportadores de Piso proporcionam uma linha de pintura sem contaminação, com uma velocidade pré-programada que garante a produtividade conforme a necessidade. São projetadas para peças leves, onde adequam-se perfeitamente em salas de pintura. Podem ser dotados de dispositivos de giro.

Transportador Aéreo CT180 e CT300 – Render

1Tracionador da corrente

Responsável pela transmissão da corrente do transportador aéreo, o tracionador é movido por um motoredutor, engrenagens e corrente de transmissão. O tracionador possui embreagem para a segurança do equipamento.

2Lubrificador pneumático

O lubrificador pneumático tem a função de lubrificar a corrente do transportador aéreo nos pontos que necessitam de lubrificação, como rolamentos horizontais, verticais e emenda de elos da corrente. O sistema atua através da válvula de acionamento, onde os rolamentos verticais da corrente acionam, gerando um pulso de ar liberando óleo nas agulhas de lubrificação. A quantidade de óleo é ajustada de acordo com o comprimento da corrente.

3Esticador pneumático

O esticador pneumático atua através de dois cilindros compensando a folga da corrente gerada pela dilatação térmica. Os cilindros empurram o conjunto de esticador através de um trolley, dando a tensão a corrente do transportador aéreo. Possui um pressostato de ar que deve ser ajustado entre 2 e 4 Bar.

4Corrente CT180/CT300

As correntes dos modelos CT180 e CT300 são correntes especiais para exercer a função de transportar as peças ao longo da linha de pintura. As correntes trabalham com rolamentos verticais e horizontais em seus elos, garantindo que a corrente se movimente ao longo dos perfis com a carga estipulada.

Transportadores
Power-Free

Transportadores Aéreos são equipamentos com o objetivo de levar as peças ao longo do processo produtivo, otimizando a logística e layout de uma linha de pintura. O transportador Power & Free PF68 consiste em dois trilhos.

É no trilho superior “Power” que a corrente tracionadora equipada com ‘dogs’ tracionadores está acomodada. No trilho inferior “Free” os carros se movem livremente ao longo do sistema. Carros e corrente são conectados pelos ‘dogs’ tracionadores. A indexação é realizada quando os ’dogs’ tracionadores permanecem abaixados e se conectam com o carro frontal, quando um stop de acúmulo é aberto por exemplo.

Transportador Power Free – Render

1Perfis Power

A linha com os trilhos Power é responsável pela tração do conjunto. O transportador Power é composto por perfis como retas, curvas e sobe e desce ao longo do seu trajeto. Também possui componentes fundamentais para seu funcionamento. O trajeto do transportador e a localização de cada componente é de acordo com a necessidade de cada processo.

2Corrente CT300

A corrente do transportador CT-300 é composta por perfis estampados e rolamentos horizontais e verticais que se deslocam no interior dos perfis. a corrente possui elos de ligações e emendas em seu comprimento. A capacidade de carga da corrente é de 90Kg por ponto ou 110Kg por metro.

3Perfis Free

Na linha Free, os carros se movem livremente ao longo do sistema. Carros e corrente são conectados pelos ‘dogs’ tracionadores. A indexação é realizada quando os ’dogs’ tracionadores permanecem abaixados e se conectam com o carro frontal, quando um stop de acúmulo é aberto por exemplo.

4Buffers de carga

Os buffers de cargas são áreas em determinados pontos do processo onde as barras de carga se cumulam mudando seu eixo de posicionamento, otimizando assim o layout da linha. Para a identificação e controle das barras que entram nos buffers existem componentes nos perfis como desviadores, trava de acúmulo, anti recuo, contador de dogs e guias de indexação e desindexação.

Transportadores
Moviflex

Em uma linha de pintura, o tempo gasto em cada processo no acabamento da peça é crucial para o resultado da qualidade do produto. Mas muitas vezes este tempo acaba prejudicando a produção e atrasando uma grande demanda, pela falta de intralogística nos processos ou de um equipamento voltado à distribuição eficiente. Pensando nisso, a Erzinger desenvolveu um sistema de movimentação inovador que entrega mais agilidade, eficiência e segurança em linhas de pintura.

O sistema Moviflex foi desenvolvido a partir da necessidade do transporte de peças de grandes volumes e pesadas. A solução conta ainda com um layout compacto e flexível de acordo com as necessidades do processo. O equipamento pode ser instalado em fábricas de diferentes segmentos como: Montadoras e implementos agrícolas, implementos rodoviários e estruturas pesadas em geral.

Transportador para Cargas Pesadas Moviflex - Render

1Sistema dinâmico

A versatilidade do sistema permite a utilização de diferentes processos numa mesma linha, como: Jato de granalha, Cabine de lavação, Estufa de secagem/polimerização, Cabine de pintura líquida ou pó, Elevador de carga, Estações de trabalho e inspeção, Estoques intermediários, entre outros.

2Tractor

Mecanismo responsável por deslocar os skid’s de peças para dentro dos equipamentos. Os tractors são projetados para receber a alta temperatura das estufas de secagem e polimerização.

3Carros de transferência

Trabalham de forma independente (automática) ou manual dependendo da linha, programados para atender a demanda produtiva. Os carros se deslocam em torno dos equipamentos transportando os pacotes de peças.

4Demais benefícios

  • Otimização de Layouts
  • Capacidade de carga elevada
  • Produção puxada por automação precisa
  • Segurança de operação
  • Garantia ergonômica

Start typing and press Enter to search